fbpx

⁂ AMOR NÃO É AMOR ATÉ ...? - novembro 2021

wilts

Nossas geladeiras metalicas é cobertas com ímãs coloridos são maravilhosas. Muitos dos quais nos lembram lugares especiais que visitamos ou algum ditado significativo o qual gostamos de nos lembrar. Ontem, enquanto eu preparava uma bebida quente, meus olhos se ativeram a um ditado que Carolyn e eu compartilhamos com frequência, mas nem sempre pensamos sobre sua complexidade, amplitude e significados.

O ditado no imã diz: “AMOR NÃO É AMOR ATÉ QUE VOCÊ DEMONSTRE!” É fácil dizer “EU TE AMO”, mas quão fácil é praticar o amor? Como pais e famíliares descobrindo e experimentando nosso mundo LGBTQIA +, o ato de “amar” ou de “amar um ao outro” pode incluir muitos sentimentos e desafios. Então, vamos explorar o amor; o amor e o ser amado mais detalhadamente. 

Como cristãos, recorremos confortavelmente à Bíblia, lugar onde a palavra “amor” pode ser encontrada mais de 1.400 vezes. Em vários dos seus livros e em muitos versículos em cada destes contêm o termo "amor". Descobrimos então, que o termo “amor” tem muitos significados e muitas interpretações.

Pode ser “eros” ou amor erótico, normalmente com mais foco nas aparências e comportamentos físicos. Alguém ou algo como objeto de desejo, algo a ser “amado” por causa de sua aparência ou mexa com seus instintos - uma roupa atraente ou uma carícia gentil e calorosa.

Em seguida vem o “phileo” ou amor fraternal, que baseia-se em interesses ou vínculos comuns, como amizades, familiares ou atividades que nos sejam prazeirosas de serem feitas em conjunto. Talvez vocês “amem” caminhar juntos ou assistir a shows juntos. Todos vocês sintam-se confortáveis ​​e felizes por estarem juntos e desfrutar de uma atividade ou comida ou bons momentos juntos.

Finalmente, existe o “amor ágape” ou amor incondicional, representado por momentos em que você ama alguém ou fazer alguma coisa para ver a outra pessoa feliz. Simplesmente porque você verdadeiramente deseja o melhor para essa pessoa e não tem nenhuma intenção de receber esse amor de volta ou nada em retorno pelos atos feitos por esse outro alguém. 

Vamos voltar à Bíblia e revisar essas "descrições" mais detalhadamente e de forma mais abrangente do amor que Paulo compartilhou com sua igreja de Corinto. Ele tece muitos fios de amor eros, phileo e ágape -

Ainda qu eu falasse a língua dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

E ainda que eu tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios da ciência, e ainda que tivesse toda fé, a tal ponto que pudesse transportar os montes, se não tivesse amor, nada seria.

E ainda que eu distribuisse toda a minha fortuna para o sustento dos pobres, e ainda que eu entregasse meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso se aproveitaria.  

Ao revisar as palavras de Paulo, questione-se se você já falou ou compartilhou seus entendimentos e conhecimentos - doou ou apoiou atividades significativas para atenção pessoal ou gratificação sem amor ou paixão pelo o que estava fazendo - então você experimentou o que Paulo estava destacando para os membros de sua igreja nesta passagem.

Em seguida, Paulo resume "amor" da forma como ele  experimentou, e também as palavras e ações amorosas de Jesus - ele escreveu essas palavras poderosas e valiosas – 

O amor é paciente, o amor é bondoso, o amor não se vangloria, não se orgulha. O amor não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.Tudo sofre, tudo crê, tudo suporta.

Como você se sente quando considera a seguinte passagem: "o amor é paciente, bondoso, não se vangloria, não se orgulha e não maltrata", pelo contrário,  "ele se alegra com a verdade, acredita em todas as coisas, espera e suporta todas as coisas" e, finalmente, "AMOR NUNCA ACABA!"

Como pais e famílias de membros da família LGBTQIA+, nós precisamos nos lembrar das declarações de Paulo sobre amar, compreendê-las e aceitá-las. Sim, pode ser difícil ser paciente quando ouvimos comentários negativos e ouvimos palavras pejorativas sobre nossos entes queridos; contudo Paulo nos exorta a agir corretamente e não julgar os membros de nossa família, ou as pessoas de uma maneira geral.

Ele exortou seus amigos de Corinto a se alegrarem com a verdade, que hoje também inclui conhecimento científico e psicológico em desenvolvimento sobre todos os nossos gêneros e comportamentos sexuais. Isso pode exigir ser flexível no que você aprendeu e acreditou ser verdade absoluta até o momento. Ellen White escreveu há muitos anos que “o conhecimento era a ferramenta de Deus para nos ajudar a entender o mundo de hoje” - uma declaração muito significativa e apropriada nos dias de hoje.

Sim, o amor familiar pode nos ajudar a suportar os momentos difíceis, nos ajudar a entender e compartilhar uns aos outros enquanto aprendemos e ajustamos nossos pensamentos e sentimentos, nos ajuda a enriquecer nossas crenças e suportar momentos de estresse e desconforto e, finalmente, “O AMOR VERDADEIRO NUNCA TERMINA.”

Então, mães e pais, irmãos e irmãs, avós, tias e tios e outros familiares e amigos, façam o seu melhor para amar e aceitar os outros como Paulo compartilhou muitos anos atrás. Claro, em algumas situações é muito mais difícil do que em outras; às vezes, o caminho ou atitude a ser tomada pode parecer obscura e / ou confusa. Carolyn e eu passamos por muitos sentimentos e dificuldades enquanto nos adaptávamos – mas nós aceitamos e amamos nosso filho gay Aric.

Olhando para trás, nós somos muito gratos que nosso pastor tenha compartilhado o amor de Jesus conosco e com Aric. Muitos de nossos amigos da igreja amavam nosso filho, e nossa família Kinship e comunidades de amigos se conectaram conosco e caminharam ao nosso lado enquanto todos nós descobríamos o mundo real de sentimentos e aceitação de Deus.

Lembre-se, Jesus nunca olhou para as pessoas com desprezo no olhar, e nem nós devemos fazê-lo. Ele nos deu a dádiva do amor e nos encorajou a doa-lo às pessoas ao nosso redor - nossa própria família - cada um dos membros!

AMOR NÃO É AMOR ATÉ QUE VOCÊ COMPARTILHE E DEMONSTRE!