SDA Kinship News

HISTÓRIA DO MATTHEW MANN’S

Eu sou um aluno do 12º ano no College Kingsway, uma escola Adventista do Sétimo Dia de ensino médio em Oshawa, Ontario, Canadá. Tenho 18 anos. Para alguns, eu tenho um amor estranho e um tanto obsessivo por Narnia e todas as coisas do período medieval. Eu cresci na Igreja Adventista e me considero um cristão fiel. Eu também sou gay. Mas, para mim, isso é só uma das muitas coisas que eu sou. Além de Narnia, eu amo o Senhor dos Anéis e tudo que é relacionado com fantasia medieval. Meu objetivo de vida é ter meu próprio castelo um dia. Tenho planos para isso.

Eu moro a uma hora a leste de Toronto, Ontario, em uma cidade chamada Oshawa. É um lugar bastante notável entre a comunidade Adventista em Ontario. A sede da IASD de Ontário é aqui assim como minha escola de ensino médio, escola de ensino fundamental, e a igreja com mais de 1000 membros. Há também muitas outras igrejas adventistas na área, por isso há muitos adventistas por perto. É difícil entender as atitudes das pessoas com relação ao assunto. Eu sei que há muitas pessoas que apoiam. Eu tenho sido bastante afortunado por não ter recebido qualquer tratamento negativo. Acho que a maioria das pessoas são apenas ignorantes e desconhecem como é a vida de uma pessoa LGBT. Eu sinto que a maioria das pessoas são genuinamente amorosas e amáveis e, que se mais pessoas se assumirem, as atitudes em relação aos LGBT’s iriam mudar para melhor. Apesar do que eu disse, eu ainda sou muito cauteloso sobre a quem eu conto sobre minha orientação sexual.

Uma das coisas mais importantes que eu aprendi sobre minha sexualidade e Deus é que Deus não é mesquinho. Deus se preocupa com a nossa saúde, felicidade, e, acima de tudo, como nós estamos fazendo o mundo ao nosso redor um lugar melhor. Descobri que Deus é muito maior que os conceitos de gênero, orientação sexual, e sexualidade; e negar o acesso ao céu por causa destas questões contradiz completamente a personalidade dEle. Creio que Deus me ama mais que o suficiente pra ser capaz de aceitar este aspecto do meu carácter. E uma vez que nasci assim, não vejo porque haveria qualquer problema.

A primeira vez que ouvi sobre a Kinship foi rapidamente pelo capelão da minha escola, que foi a primeira pessoa para quem eu contei e ele foi muito receptivo. Mas eu me tornei membro depois que me capelão me colocou em contato com Jaden Rajah, o qual me aconselhou e me apresentou para a comunidade da Kinship.

Para mim, tem sido muito revelador e reconfortante só em saber que há outras pessoas da mesma fé e que passaram pelas mesmas lutas que eu enfrento. Às vezes, já que eu sou a única pessoa um pouco assumida em minha comunidade que eu saiba, pode parecer que estou sozinho nesta luta. Mas a Kinship Jovem (Kinship Youth) e o apoio dos meus amigos e família me asseguram que eu não estou.

Meu amigo e conselheiro, Jaden Rajah, tem sido um grande mentor para mim. As duas pessoas que mais tem me ajudado definitivamente são meu capelão e Jaden. Eu sou bastante sortudo por ter encontrado com Jaden em outubro depois que minha escola visitou Burman University para College Days. Jaden tem sido uma grande ajuda conversando comigo quando eu me sinto deprimido e solitário, quando eu estava lutando para me aceitar como eu sou, e por me ajudar a reconciliar-me com minha fé e minha orientação sexual. Ele tem sido um grande mentor e inspiração para mim e tenho certeza que para muitos outros. Sua bravura é algo que desejo que eu possa ter durante minha vida nas comunidades adventista e da Kinship.

Journey - Chapter 14
Journey - Chapter 13