SDA Kinship News

Conheça Colbert

FALE-NOS UM POUCO SOBRE VOCÊ
Eu tenho 50 anos de idade, eu nasci na linda cidade de Bulawayo no Zimbaue mas eu moro em Harare, a capital do Zimbaue, pelos últimos 24 anos. Eu nasci e fui criado em uma família Adventista do Sétimo Dia mas me tornei Católico há dez anos atrás.

COMO VOCÊ SE DEFINE?
Eu sou um homem gay.

COMO É CRESCER SENDO UM GAY?
Eu tive uma vida normal como adventista, cantando em quartetos, pequenos grupos vocais e corais. E também como parte do clube de desbravadores. Eu nunca me considerei gay e até mesmo almejei ter um grandioso casamento na igreja um dia. Embora, eu tenha descoberto minha sexualidade, que eu era gay, quando eu saí de casa e fui para a faculdade onde eu conheci meu primeiro namorado. Então meu crescimento foi bem comum como um jovem adventista do sétimo dia.

FALE-NOS SOBRE A SUA EXPERIÊNCIA SE ASSUMINDO
Assim que me assumi como um homem gay, eu enfrentei um conflito direto com anciãos e amigos da igreja, e fui rejeitado por esses. O que destruiu a minha fé na Igreja Adventista como a minha escolha pessoal de fé. Posteriormente eu comecei a trabalhar em uma organização vinculada a Igreja Católica e encontrei lá uma aceitação por parte dos meus colegas que acreditavam em uma Iniciação Cristã.

VOCÊ VAI À IGREJA FREQUENTEMENTE?
Sim.

SE TIVESSE A OPORTUNIDADE DE DIZER ALGO À COMUNIDADE LGBT CRISTÃ, O QUE DIRIA?
No Zimbaue, a comunidade LGBT é marginalizada e muitas despida da divindade e dignidade que merecemos como seres humanos. Se os cristãos fizerem mesmo um pequeno esforço para trocar suas experiências com a comunidade LGBT, eles, por sua vez, entenderiam as vidas das pessoas LGBT, e entenderiam que todas as vidas são sagradas por serem criadas por Deus.

Journey - Chapter 14
Journey - Chapter 13